Remix 07: Hosting e Infra-estrutura

Na palestra de Hosting com a Plataforma Microsoft para Designer e Desenvolvedores, Silvio Oliveira, da Microsoft Brasil, afirmou que a o foco na Experiência do Usuário (UX) é a forma como vamos conduzir a web daqui para a frente, e que não dá para pensar em UX sem pensar em infra-estrutura e conseqüentemente a preocupação número um de quem tem um website: disponibilidade.

Gilberto Mautner, Vice Presidente de Tecnologia da Informação e de Novos Negócios da Locaweb, era o apresentador convidado da sessão e falou bastante sobre a experiência da Locaweb com Windows para hosting.

“O ambiente é tão bom quanto aquele que o administra”

– Gilberto Mautner, Locaweb

Frase ótima! Foi muito bom ele dizer – e explicar isso – logo no começo da apresentação. Algo que eu sempre comentei em listas e apresentações foi estabelecer essa premissa, a partir de uma metáfora com a Volvo, que diz que o S80 é o carro mais seguro do mundo, mas eles nunca dizem com quem dirigindo.

Uma outra frase interessante do Gilberto:

“.NET e Java são equivalentes, nenhum é melhor do que o outro, mas consigo colocar 2000 sites .NET em uma máquina e 100 sites em Java em uma máquina de mesma configuração. Isso afeta a disponibilidade e o custo!”

Read the rest of this entry »


Remix 07: Impressões da sessão de abertura

Hoje durante o dia eu estive na Remix 07, evento organizado pela Microsoft Brasil e cujo objetivo e repercutir nas comunidades locais (há Remix em vários países do mundo) o que ocorreu na Mix 07 em Las Vegas que rolou recentemente.

A sessão de abertura, com Bruno Nowak (Gerente de Novas Tecnologias da Microsoft Brasil) e Celso Gomes (brasileiro, que trabalha Interactive Media Designer na Microsoft Corporation, nos EUA) deixou bem clara qual a intenção – e a visão – da Microsoft e de sua plataforma para a Web, sobre como o HTML não atende os aplicativos, que agora é preciso focar na experiência, etc. Mas confesso que foi estranho ouvir da Microsoft, como se fosse novidade!, algo que a Macromedia, Adobe e inclusive eu já estamos falando há muito tempo!

remix_07_bruno_nowak.jpg
Bruno Nowak comentando sobre a experiência em primeiro lugar e a web universal

Assim, o objetivo principal da Remix 07 é apresentar a suíte Expression como um conjunto de ferramentas que visa possibilitar aos designer criarem experiências muito mais ricas, seja para aplicativos desktop ou ainda para o Silverlight, outro foco da Remix. E claro, RIAs (aplicativos ricos para internet) são assuntos de meu interesse, então procurei assistir sessões relacionadas.

remix_07_celso_gomes.jpg
Celso Gomes iniciando sua apresentação

Ainda na sessão de abertura percebi um foco muito forte em duas coisas: vídeo (com o Silverlight) e no workflow entre o designer e o desenvolvedor, algo que a Microsoft prega e assegura mantendo duas suítes distintas: O Visual Studio para o desenvolvedor, e o Expression Studio para o designer.

Celso Gomes também comentou sobre “aproveitar o conhecimento que já temos”, e isso é possível uma vez que estas novas tecnologias se integram com a plataforma .NET, bem como a possibilidade de usar JavaScript em aplicações com Silverlight.

remix_07_roadmap.jpg
Celso Gomes apresentou um roadmap das tecnologias relacionadas. Interessante notar o Silverlight for Mobile!

Eu estava no evento com o Beck Novaes, meu colega na DClick, que postou no blog da DClick suas considerações. Decidimos postar em blogs separados e posteriormente linkarmos nossos posts a postar tudo em apenas um blog.

Estavamos cada vez mais curiosos e instigados com o que a Microsoft estava apresentando. Era interessante, mas nada impressionante, pois a Flash Platform (da Adobe) já faz aquilo há algum tempo! (exceto pelo vídeo em alta definição, que foi suportado recentemente).

Estou muito empolgado com o potencial do Expression e do Silverlight. Isso tudo só tem a contribuir para os aplicativos ricos – e sempre foi com isso que me importei. Não importa se é Adobe Flex, se é AJAX ou se é Silverlight: o importante é criar valor para o cliente e entregar para o usuário final a melhor experiência possível.

Mais posts sobre a Remix 07 em breve! 😉


I Encontro Microsoft com Blogueiros

Dia desses recebi um convite para participar de um evento da Microsoft com blogueiros, com telefone para contato e tudo mais. Achei a idéia interessante, e curioso que sou, confirmei minha presença no evento mesmo sem saber ao certo do que se tratava, afinal tudo era dito de modo bem aberto: “bater um papo sobre tecnologia”. Imaginei assuntos relacionados ao Adobe Flex/Silverlight/RIA (assuntos deste blog), propagandas em blogs (no estilo AdSense e com alguma relação à aquisição da aQuantitative) e até mesmo aquele papo que rolou de dar notebooks com o Vista para testar…

Eu imaginei um evento grande com dezenas de blogueiros, mas me surpreendi quando na recepção do evento vi uma lista com pouco mais de 10 nomes. Não vou negar: fiquei contente ao ver o CFGigolô figurar em tão seleta lista! 😉

O idealizador do evento foi o Galileu Vieira, Gerente da Inovação da Microsoft Brasil. A idéia, segundo ele, é possibilitar que os nossos blogs sejam fornecedores de notícias fresquinhas, tal como o Engadget.com, com o que há de mais recente em termos de tecnologia. Como primeiro evento, Ricardo Wagner (Gerente de Produto do Windows) e Pedro Bojikian (Supervisor de Marketing de Produtos Windows) mostraram alguns recursos do Windows Vista. Bruno Nowak (Gerente de Desenvolvimento de Novas Tecnologias) também estava por lá.

No começo achei um tanto quanto simplório, mostrando “funcionalidades” como a interface Aero e outros recursos visuais, mas a medida que o tempo passava, eles foram mostrando algumas outras coisas realmente bacanas e inovadoras, principalmente do novo Windows Media Center, mas nada que quem tenha essa edição já não tenha brincado com essa edição não conheça. O importante para mim aqui não foi necessariamente mostrar coisas que eu não conhecia, e sim dar importância para funcionalidades (aqui sem as aspas) que realmente podem fazer a diferença.

Eles também demonstraram um XBox (que tem uma aparência elegante e pode figurar em uma sala de televisão) acessando fotos, vídeos e música em um computador com o Windows Media Center (que está em um desktop e não necessariamente está na sala de televisão..), através do Media Center Extender (e portanto via rede) atuando como um centro de entretenimento. Eu realmente desejei ter uma configuração dessas em casa! 🙂

É comum ouvirmos pessoas falando que a Microsoft copia (e copiou) muita coisa no mundo da tecnologia. Isto até pode ser verdade em algumas situações, mas vocês já usaram o Windows Media Center? Com controle remoto? Já usaram o Office 2007? Vejo nestes softwares belos exemplos de como a Microsoft se preocupou em fazer algo que realmente poderia mudar e melhorar a forma como as pessoas desenvolviam suas atividades. É a Microsoft levando a experiência do usuário a sério.

Esse foi o primeiro de uma série de eventos que a Microsoft pretende realizar, divulgando informações para blogueiros, que por sua vez, possivelmente vão reproduzir através de seus blogs. Embora isso seja meio óbvio, ao ver o envolvimento de uma empresa de “análise de comunicação boca-a-boca“, fica evidente que a Microsoft vê blogueiros como grandes produtores e disseminadores, não só de conteúdo, mas também de opinião. Para termos uma idéia da importância que foi dada a essa iniciativa, Michel Levy, Presidente da Microsoft Brasil também esteve por lá para dar um alô para nós.

É ou não é uma atitude de respeito?

Atualização: Estavam presentes no evento, além de mim, o Alexandre Fugita, que escreve no TechBits e MeioBit, Beatriz Kunze do blog Garota Sem Fio e seu colega Gustavo, Mario Amaya do MarioAV, Marisa Toma do Objetos de Desejo, Nick Ellis do Digital Drops e Rodrigo Ghedin do WinAjuda.


Microsoft quer comprar o Yahoo!

O ponto de exclamação no título só existe porque o nome “Yahoo!” leva o dito cujo no nome, caso contrário não deveria estar ali.

Notícia no Invertia de hoje: Microsoft quer comprar Yahoo para desbancar Google

Se de fato a compra do Yahoo! pela Microsoft se concretizar, será uma das maiores aquisições do mercado de TI (se não for a maior). O problema é que eu sinceramente não gosto da Microsoft no campo da Web. Os seus produtos web-based são muito ruins. O Hotmail é, de longe, o pior dos webmails existentes (em comparação com os outros free de mesmo porte – GMail e Yahoo!Mail), os serviços do Windows Live também são péssimos, além de serem feitos para rodar bem apenas no IE. A Microsoft certamente (e por uma questão de coerência), migraria os serviços do Yahoo! – que hoje rodam em uma plataforma própria, baseada em FreeBSD – para Windows… Seria jogar fora anos de desenvolvimento e excelência do Yahoo!, que nunca usou nada da Microsoft no lixo. Seria um dump gradual, mas ainda sim não gosto de ver a marca “Microsoft”, seu design e afins na web… mas pode ser que eu esteja errado. Enquanto não mudo de opinião, torço para que esta aquisição não aconteça.


Windows Vista – Lançamento em São Paulo (Extra Itaim)

Por falar em pirataria, hoje é o lançamento do Windows Vista e do Office 2007. Como sou nerd e fãnzoca do tio gates, resolvi fazer “compras” no Extra do Itaim, onde estava rolando o lançamento oficial (às 00:00 de hoje) do Vista. Houveram algumas promoções tais como comprar o Vista Home Premium e levar o Office 2007 (limitado às 10 primeiras pessoas), teclados e mouses (primeiras 200 pessoas) e brindes (camisetas, frisbies, mousepads) que logo acabaram. Quando eu cheguei lá (por volta das 00:40) estavam dando o último teclado. Eu tenho lá minhas dúvidas de que foram vendidas 200 cópias do Vista ou que eles distribuiram 200 teclados/mouses em menos de 30 minutos… Mas ainda sim, vá lá. Eu não estava lá por conta de um teclado mesmo.

30-01-07_0048.jpg

E olha, só de sacanagem eu fui com a minha camiseta anti-Microsoft, mas ninguém notou… 🙁 Eu acabei comprando o Vista e o Office 2007 para mim e para minha esposa (que não é nerd, mas é heavy-user do Office).

Acho que eu ainda tenho muita coisa legada no meu XP, por isso talvez só migre daqui um tempo (quando estiver menos atolado e puder ver as questões de compatibilidade, software-por-software, com calma). Mas o notebook da Deborah será uma ótima cobaia até lá… Ser casado com quem não manja muito tem dessas vantagens. 😉

UPDATE: uma hora dessas as piadinhas preconceituosas certamente já estão prontas: “e aí, vai vender o carro para pagar a compra?…… hmmm… não chega a este ponto, mas deixa para lá… (um precinho mais camarada, especialmente para nós hermanos latinos, bem que poderia rolar).


Sysinternals

Sysinternals era uma pequena empresa que fornecia um conjunto de ferramentas para ajustes finos e que forneciam informações do funcionamento do Windows. Em julho desse ano a Microsoft comprou essa empresa, e o endereço do site mudou. Sugiro dar uma olhada nas ferramentas que eles (agora a Microsoft) oferece. Algumas delas já me ajudaram um bocado.


Visual Studio 2005: campanha de marketing engraçadinha

Alguns videos engraçadinhos (em Flash) podem ser vistos no site Visual Studio 400 differences da Microsoft. São curtos e divertidos (e sim, nerds também). Gostei do espadachim e do cara que foge do sol (sintomas típicos de loucura de programador). Vejam aqui.


Microsoft descontinua FrontPage

Já não era sem tempo.

O FrontPage nunca foi respeitado pela mercado profissional. A incompatibilidade e o HTML gerado eram horríveis, além baixa integração com outras tecnologias (o Dreamweaver sempre foi mais completos nesse aspecto). O Visual Studio tomou o lugar do FrontPage há tempos.

Para amadores, acredito que o FrontPage também tenha perdido seu lugar para outros softwares e até mesmo para conceitos, como blogs.

A Microsoft, é claro, não irá desperdiçar o know-how obtido.


SQL Server 2005 e Visual Studio 2005 de graça.

Calma, não é a versão enterprise ou mesmo a standard. É apenas a versão express desse produtos que a Microsoft esta lançando de graça. O SQL Server 2005 express é completamente gratuito no momento, o preço dele custa $49.99 mas para fazer o marketing do lançamento a gigante de Seattle está disponibilizando gratuitamente em seu site. Para aqueles que usam o MSDE ou o protótipo de “bando” de dados Access recomendo fazerem a migração. Agora obviamente testem suas mudanças num ambiente de desenvolvimento antes de lançarem as suas aplicações para o público.

Já o Visual Studio Express 2005 também esta sendo disponibilizado gratuitamente mas apenas por um periodo de um ano. Distribuido em 5 versões, Web Developer, Visual Basic, C#, C++ e J# no dia 6 de novembro de 2006 a empresa de Bill Gates irá voltar a cobrar por esse software.


Novo Windows e competição Microsoft x Adobe

O novo Windows anunciado por Bill Gates foi bastante comentado essa semana. O homem mais rico do mundo (confira sua “casinha”) deu ênfase principalmente na segurança do novo windows. No entanto o que me chamou atenção foi essa noticia de que a Microsoft irá lançar com o novo windows um formato de arquivo para concorrer com a Adobe. Então, não tenho mais dúvidas mesmo que a Adobe comprou mesmo a Macromedia por causa do medo da Microsoft.