Esperança para os que têm fome

Li na revista Brasil Rotário (“o que é o Rotary?”) do mês de Janeiro uma interessante reportagem de Anthony G. Craine sobre o problema de fome no mundo, que empresa seu título ao desse post e do qual transcrevo abaixo duas passagens:

“O mundo tem comida suficiente para todos. De acordo com a FAO – Organização das Nações Unidas para a Agriculta e Alimentação, em 2001 o planeta produziu alimentos suficientes para garantir a cada ser humano uma dieta diária de 2.807 calorias, uma quantidade até maior que o mínimo recomendado pela FAO, de 2.000 calorias por dia. É por essa razão que as imagens de sofrimento provocadas pela fome nos países pobres parecem tão dolorosamente irônicas.
(…)
‘O problema da fome é de logística de distribuição”, explica Ron Denham, coordenador geral do Rotary International para os Assuntos Relacionados com Água, Saúde e Fome. “A comida não está exatamente onde precisam dela’.”

Infelizmente a única versão online que encontrei era do cache do Google, onde o artigo pode ser lido na integra, em inglês.

Atualização: A reportagem também pode ser vista aqui.


2 Comments on “Esperança para os que têm fome”

  1. Olá Fabio e restantes autores deste blog,
    Gostaria de pedir autorização para colocar o link para este post porque o considero muito importânte.
    O sistema comunista mostrou que não serve
    O sistema oposto é a mesma coisa.
    O que o mundo precisa é de um sistema justo e humanista.
    O que causa tantos sofrimentos e tanta fome é a Ganancia das pessoas que querem tudo para elas e os outro ? Os outros que se lixem. É a ideia de cada um por si.

    Só um sistema justo e humanista pode melhor fazer a distribuição dos alimentos.

    Um abraço
    César Oliveira

  2. César,

    Obrigado pelos comentários.

    Fique a vontade para fazer um link para este post. Veja que achei um novo link para a reportagem completa.

    []s

Website Security Test